Você já pensou em expandir seu e-commerce? Sim? E já se imaginou fazendo isso nos Estados Unidos, mesmo morando no Brasil? Pois saiba que isso é possível. É o que discutiremos neste post.

Por que vender nos EUA?

Os EUA possuem algumas das maiores plataformas de e-commerce e marketplaces do mundo, como a Amazon e o eBay. Isso torna o mercado americano o cenário ideal para quem deseja comercializar seus produtos de e para qualquer lugar do mundo. Além disso, com o dólar cada vez mais valorizado em relação à moeda brasileira, realizar vendas na moeda americana pode ser uma ótima opção para micro e pequenas empresas.

O ano de 2017 marcou o maior crescimento do e-commerce nos EUA em seis anos. Os consumidores gastaram mais de US $ 453,46 bilhões na web para compras no varejo, um aumento de 16,0% em comparação com US $ 390,99 bilhões, em 2016. Essa é a maior taxa de crescimento do e-commerce desde 2011, quando as vendas online cresceram 17,5% em relação a 2010.

Os números divulgados pelo Internet Retailer apresentam o comércio eletrônico americano como representante de em torno de 10% do total de vendas do varejo de 2017.

Veja também: 5 passos práticos para vender nos EUA.

O que eu preciso para começar?

O primeiro passo é entender quais são as oportunidades e o nicho de mercado de vendas online em que irá atuar. Existem possibilidades como Drop Shipping, Arbitrage, Private Label, Wholesale, etc. Veja este vídeo sobre os números de mercado e os principais tipos de operação do ecommerce nos Estados Unidos.

Para a operacionalização da empresa, a Company Combo oferece suporte para que pequenas e médias empresas desenvolvam suas empresas nos EUA, mesmo com seus executivos estando fora do país.

São quatro serviços destinados aos empresários: abertura de empresas em Delaware e Flórida; Bookkeeping e Accounting; Endereço Virtual e Armazenamento e Logística. Tudo com o intuito de auxiliá-lo na criação de presença online, seja com seu próprio e-commerce ou em marketplaces já reconhecidos, como eBay, Amazon e Etsy. Saiba mais aqui.

Quais as maiores vantagens do e-commerce nos Estados Unidos?

Mercado Local: De acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2017 o e-commerce no Brasil faturou apenas R$59,9 bilhões em comparação aos US$ 453,46 bilhões do comércio americano citado anteriormente.

Segundo estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), apenas 43% dos brasileiros realizam compras online, enquanto 51% dos americanos utilizam e-commerces (dados da pesquisa anual PWC 2017). Isso acontece, primordialmente, porque a cultura de vendas online é muito mais inerente à população americana. No Brasil, questões como a economia, impostos e a falta de segurança online, ainda afetam as decisões de compras virtuais.

Mercado Global: Através dos Estados Unidos você pode vender para o mundo inteiro, uma vez que os meios de pagamento processam cartões de todos os países e a logística é extremamente eficiente e com valores justos.

Disponibilidade: Um grande benefício de administrar um comércio eletrônico é que ele está sempre aberto. Para um comerciante, é um aumento dramático nas oportunidades de vendas; para um cliente, é uma opção convenientemente disponível. Irrestritas pelas horas de trabalho, as empresas de comércio eletrônico podem atender os clientes a qualquer hora.

Gestão de inventário: As empresas de e-commerce podem automatizar o gerenciamento de estoque usando ferramentas eletrônicas para acelerar os procedimentos de pedidos, entregas e pagamentos.

Possibilidade de Trabalho Remoto: Com todas as ferramentas e prestadores de serviços disponíveis no mercado americano, você pode terceirizar toda a sua operação e continuar gerando renda passiva ou ativa. A Amazon por exemplo, terceiriza o processo de captação de clientes e a logística para seus produtos.

Achou Interessante? Comece agora mesmo!

Acesse nosso conteúdo exclusivo e assista nosso vídeo com muitas informações sobre os números do comércio eletrônico americano e as possibilidades do mercado.

Entre também em contato com a nossa equipe e agende um horário com nossos especialistas.