Warehouse é o nome dado para os depósitos que armazenam mercadorias nos Estados Unidos. Esses espaços são utilizados por importadores, exportadores e distribuidores que precisam manter as suas mercadorias em algum local seguro até que elas cheguem ao seu destino final.

Se o seu objetivo é abrir uma empresa nos Estados Unidos que vai vender produtos para os americanos, é fundamental que você conte com um warehouse. Esse armazém deve contar com algumas características próprias, que facilitam a administração da sua empresa, mesmo à distância.

Quais são as características que você deve levar em consideração para escolher um armazém?

Localização

O primeiro cuidado que você deve ter ao escolher o seu armazém é a localização. Ele deve ficar numa cidade que conte com bons modais, garantindo que o item chegue ao destino final com rapidez.

Se os seus produtos vêm da China, por exemplo, também é interessante que o seu warehouse fique em um estado que conte com fácil acesso aos portos. Isso garante que o item chegue no seu depósito com mais rapidez e menos chances de extravio durante o transporte.

Como o seu negócio será operado do Brasil também é interessante escolher um estado americano que tenha uma diferença pequena de fuso horário. Se você escolher um armazém na Califórnia, por exemplo, pode enfrentar uma diferença de horários de até seis horas. O ideal é optar por alternativas que tenham poucas horas de diferença da sua cidade brasileira.

Preço

O preço é um detalhe importante na hora de escolher um depósito. É fundamental olhar todos os benefícios oferecidos pelo warehouse, não apenas o serviço de armazenamento. A equipe desse estabelecimento ficará responsável pelo manuseio e entrega dos produtos e tudo isso tem um custo.

Coloque na ponta do lápis todas as facilidades oferecidas pelo warehouse e veja a que oferece o melhor custo-benefício.

Atendimento em português 

Você estará operando um negócio à distância, no Brasil. Para facilitar o dia a dia do seu negócio, opte por um warehouse que tenha atendimento em português. Isso evita qualquer tipo de falha de comunicação no seu negócio.

Warehouse capacitado para o seu negócio

Os Estados Unidos contam com diversas warehouses, cada uma com um perfil de negócio. Na hora de optar pelo seu armazém, escolha um que esteja capacitado para o seu segmento. Você vai armazenar apenas alguns itens para o seu e-commerce? Alguns depósitos não vão querer fazer negócio contigo, pois atendem apenas grandes volumes. Você pretende receber contêineres repletos de produtos? Então foque em armazéns que tem espaço para as suas mercadorias, com um bom custo-benefício.

Cada tipo de produto conta com um manuseio. Fique atento para ver se a opção escolhida vai cuidar adequadamente do seus itens.

Automatização de pedidos

É fundamental que o armazém escolhido conte com uma automatização de pedidos integrada a sua loja virtual. Isso garante que, assim que um item for comprado no seu site, a equipe responsável pela embalagem já saiba que deve montar o pacote.

Mão de obra qualificada 

Por fim, mas não menos importante, é fundamental que o armazém escolhido conte com mão de obra qualificada para manusear o seu item. Se os itens que você pretende armazenar contam com cuidados específicos, verifique se o warehouse escolhido tem capacidade de atender as suas demandas.

Depois de conhecer todas as características de um bom warehouse, chega a hora de entender como funcionam os correios dos Estados Unidos e como fazer para economizar na logística dos seus produtos.

Como funcionam os correios dos Estados Unidos?

O próximo passo para garantir uma boa logística dos seus produtos em solos americanos é escolhendo bem o método de entrega. Para isso, é importante entender como funcionam os correios americanos.

O USPS (United States Postal Service) é equivalente aos nossos Correios do Brasil. Assim como o sistema de entregas brasileiro, ele conta com diversos preços, que variam de acordo com a urgência de entrega, tamanho e volume.

Já a UPS, Fedex e DHL são empresas privadas com alta tecnologia e grande capilaridade que oferecem serviços mais elaborados e um ótimo custo-benefício para produtos com valor agregado ou de maior volume.

Como garantir uma boa negociação de preços com as transportadoras?

Para garantir uma boa negociação com os correios americanos, é fundamental ter volume de mercadorias. Isso permite que os preços fiquem mais baixos.

Mas o que fazer quando a sua empresa americana não conta com um grande volume de envios? A solução é contar com uma warehouse que já tenha negociação com estas transportadoras. Por trabalhar encaminhando pacotes de dezenas de empresas, esses armazéns já têm um bom relacionamento com os correios e capacidade para negociar.

Mas afinal de contas, que warehouse escolher para armazenar e despachar os meus produtos nos Estados Unidos?

Um armazém que conta com todas essas características é o warehouse da Company Combo, que fica em Orlando. No total, contamos com um depósito próprio com 11,000 sqft, capaz de abrigar desde pequenas cargas até containers cheios de produtos.

Nosso foco principal é atender brasileiros que querem realizar negócios nos Estados Unidos. Portanto, contamos com um time capacitado que fala em português e que atende num fuso horário que funciona bem para quem está no Brasil.

Nós processamos e consolidamos o seu pedido, encaminhando esses itens para o cliente final com agilidade e cuidado. Além disso, temos integração direta com os principais marketplaces americanos e uma boa negociação com os correios americanos. Isso garante que os seus produtos sejam enviados até o consumidor final com preços mais acessíveis.

Para saber mais sobre os nossos valores e serviços de logística nos Estados Unidos, acesse este link.