Que dropshipping é um bom negócio para fazer vendas internacionais você já sabe, mas como fazer para garantir que o produto saia da China e chegue até o destino final com agilidade?

Com a grande competitividade das lojas virtuais, pequenos detalhes fazem toda a diferença na hora do consumidor escolher entre você e o seu concorrente. Portanto, além de oferecer um e-commerce organizado e com um bom mix de produtos, a entrega entra como uma parte fundamental na experiência do consumidor online.

Quando falamos de dropshipping, a logística do produto entra como um dos pontos de maior atenção, visto que ela fica na mão de terceiros. Quando você é o responsável por essa parte do processo, pode garantir que tudo saia perfeito: produtos sem erro, embalagem com boa aparência, despacho do item no dia em que ele foi encomendado, etc.

Para que tudo saia perfeito no dropshipping, você precisa acompanhar de perto o seu fornecedor, e conhecer bem as opções que ele usará para realizar o processo.

O objetivo deste texto é justamente te apresentar o melhor método de entrega para quem faz dropshipping: o ePacket.

Quando o ePacket surgiu
No passado, as entregas dos produtos chineses eram realizadas por meio da China EMS, o que fazia com que os itens demorassem meses para chegar até o destino final. Com o desenvolvimento de sites que incentivam a compra de produtos orientais, a China decidiu criar um novo modelo de entrega para facilitar relações comerciais. Foi aí que o ePacket surgiu, em 2011, com uma parceria firmada entre a China e Hong Kong com serviços de courier americanos como o USPS e o First Class Mail Service.

Depois que eles firmaram esse acordo com os Estados Unidos, mais de 30 outros países fizeram o mesmo, permitindo que o comércio ultrapassasse as fronteiras territoriais da China.

Quais são os benefícios do ePacket
Os principais benefícios do ePacket são a velocidade com que ele chega até o consumidor final, bem como o seu preço. Esses atributos fazem com que ele seja a melhor forma de envio de produtos para quem faz dropshipping.

Além desses fatores, o ePacket também conta com a opção de tracking, que permite que você saiba exatamente onde o pacote está. No seu trabalho de dropshipping, é fundamental contar com essa informação, para gerenciar as expectativas do seu consumidor.

Com as integrações adequadas, é possível fazer com que o seu cliente acompanhe o pedido, com a interface do seu e-commerce. Isso tudo sem custos adicionais.

O ePacket também já conta com o retorno do produto, caso ele não seja entregue para o consumidor. Isso também traz facilidade para o seu negócio de dropshipping. Já imaginou o caos que seria ter que gerenciar esse processo à distância?! O próprio sistema deles já cuida disso.

Quais são os países que trabalham com o ePacket
Atualmente, os países que têm a parceria para entregar encomendas via ePacket são:

Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Coréia do Sul, Croácia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Gibraltar, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malásia, Malta, México, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, Rússia, Singapura, Suíça, Suécia, Tailândia, Turquia, Ucrânia e Vietnã.

Quais são as regras para usar o ePacket?
Para utilizar você precisa seguir algumas normas específicas, referentes ao tamanho e peso do pacote e valor do produto. O tamanho mínimo da embalagem é de 14 cm x 9 cm, enquanto o máximo de tamanho total (altura + largura + profundidade) não pode ultrapassar os 90 cm.

Em relação ao peso, o pacote precisa ter no máximo 2 kg. O valor máximo do item é 400 dólares. Aqui vai um lembrete em relação ao preço: cada país conta com um valor máximo de produto que pode entrar sem o pagamento de impostos. Na hora de fazer dropshipping, preste atenção nisso e lembre-se de comunicar o seu comprador a respeito das taxas que ele terá que pagar ao receber o item, caso ele ultrapasse o valor máximo permitido.

Para poder contar com os serviços de ePacket, os item devem ser enviados exclusivamente da China ou de Hong Kong.

Na imagem abaixo, você consegue visualizar os tamanhos dos pacotes permitidos.

Fonte da imagem: Japan Post

Quanto tempo leva para o ePacket chegar?
O tempo de entrega do ePacket varia de acordo com o destino final. Em média essa encomenda vai levar entre 10 e 20 dias para chegar nos Estados Unidos. Já no Brasil, o tempo de espera varia entre 20 e 30 dias.

Pode parecer bastante tempo, mas leve em consideração que no passado eram necessários meses para que o pacote chegasse até o destino final.

Quanto custa para enviar um produto via ePacket?
O valor do ePacket varia de acordo com o tamanho e o peso do pacote. Para realizar uma simulação de quanto custaria para fazer uma entrega, acesse este link.

O ePacket é, sem dúvida, a opção com melhor custo-benefício para quem trabalha com dropshipping. Quando você for fechar um fornecedor para o seu negócio, pergunte se ele trabalha com essa modalidade de envio e aproveite os seus benefícios.

Você está no processo de começar um negócio de dropshipping? Então acesse este artigo, que traz dicas de como encontrar bons fornecedores para esse modelo de vendas.