O número de empresas cleantech cresce, na Flórida. 

Nunca se falou tanto em sustentabilidade, energias renováveis e outras opções menos agressivas ao meio ambiente. O fato é que o planeta Terra está sofrendo com as mudanças causadas pela população — e muitas empresas estão embarcando na onda do desenvolvimento de soluções que diminuam esse impacto negativo.

Entre elas, existem as empresas focadas nas cleantechs, as tecnologias limpas. E o estado da Flórida, no sul dos Estados Unidos, tem chamado a atenção por se mostrar um ecossistema muito promissor para negócios da área.

Por lá, os empreendedores já entenderam a importância — ou melhor: a necessidade — de unir a economia e os negócios à sustentabilidade.

A aura empreendedora já presente no estado agora atinge um novo patamar na escala, a de se tornar um centro de tecnologia limpa expressivo no país.

Os aspectos geológicos do estado, como a grande presença de mar, ampliam as possibilidades — ainda mais para as empresas que trabalham com as cleantechs.

Empresas relacionadas ao meio ambiente, em especial, já ultrapassam as 4.000, atuando em tecnologias de osmose, reserva e dessalinização, remediação de água, biorremediação e passando por tecnologias de tratamento de resíduos.

Na área de eficiência, apenas o estado da Flórida reúne mais de 7.200 empresas, em setores como LEDs e OLEDs e materiais avançados, como nanomateriais, revestimentos bioplásticos e cerâmica e arquitetura verde.

Destacam-se gigantes como Bosch Group, que adquiriu as ações da FHP Manufacturing Company, e a Dais Analytic, que oferece soluções que atendem o crescimento da demanda global de energia e água.

São mais de 500 empresas atuando na criação de soluções ligadas à energia, que cobrem áreas como tecnologias solares e eletrônicas, tecnologias de hidrogênio, pilhas, bioenergia, biocombustíveis e enzimas, energia oceânica, ventos, etc. Entre elas está a GE Energy, uma empresa norte-americana da General Eletric, considerada a maior do mundo em desenvolvimento de técnicas e venda de energia.

As vantagens de empreender na Flórida

Não à toa tantas grandes empresas — não apenas da área das tecnologias limpas — escolheram o estado para empreender. A Flórida tem um ambiente competitivo de custos, não conta com Imposto de Renda Pessoa Física e dispõe, também, de uma estrutura tributária favorável para empresas. Adiciona-se a isso um ótimo estilo de vida, o que atrai ainda mais quem quer fazer negócios nos Estados Unidos.

Esse movimento não é de hoje, mas está crescendo exponencialmente. Em menos de uma década, investidores em capital de risco mais que duplicaram as dotações no estado, mostram os dados da Associação Nacional do Capital de Risco e da Pitchbook. Empresas floridenses recebem investimento de gigantes como Google e Alibaba.

Dê $1 milhão a uma startup de Miami e ele vai durar até quatro vezes mais do que no Vale do Silício, o grande berço da tecnologia e inovação. Quem afirma isso é Jeff Ransdell, da Rokk3r Fuel, sócio-fundador e ex-diretor administrativo do Marrill Lynch, segundo informações do portal Uol.

No ano passado, a economia da Flórida alcançou a cifra de $1 trilhão, de acordo com dados da Câmara de Comércio da Flórida. A título de comparação, isso representa que se o estado fosse um país independente, seria a 17ª maior economia do mundo.

O crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) foi estimado em $1,74 bilhões por dia. Segundo Rick Scott, senador da Flórida, o PIB aumentou 37% desde 2010. Entre os impulsionadores desses números está o comércio internacional.

Como comentamos, um dos maiores atrativos dos que escolhem o estado da Flórida são os benefícios com relação aos impostos pagos pelas empresas. Neste link você poderá saber mais sobre as diferenças entre os Estados da Flórida e Delaware.

Faça como centenas de empreendedores brasileiros e inicie sua operação no Estado da Flórida! Entre em contato conosco através do sales@companycombo.com ou através do nosso site clicando aqui.