Você já pensou em ter uma empresa de tecnologia nos EUA? Tornar seu negócio internacional é uma estratégia importante e pode fazer toda a diferença para o sucesso de empresas e startups brasileiras. Entenda como fazer isso! 

Empreender nos Estados Unidos tem uma série de vantagens e é provável que você tenha ouvido falar em algumas delas. A primeira é em relação aos polos tecnológicos presentes  no país, como o Vale do Silício, que podem alavancar uma startup por meio, por exemplo, de processos de aceleração. 

Y Combinator, 500 Startups e Techstars são algumas empresas que podem contribuir com o processo de expansão do seu negócio através de programas de aceleração, além de funcionarem como vitrine para potenciais clientes e investidores. 

De acordo com relatório desenvolvido pela Startupblink, os Estados Unidos estão em primeiro lugar no ranking quando o assunto é ecossistema de startups. 

No mapa, são analisados 100 países e 1000 cidades para definir quais são mais favoráveis, de acordo com dados como número de startups, espaços de coworking, aceleradoras no país ou cidade, entre outros.  A pontuação dos EUA na categoria “geral” é de 124.420, enquanto o segundo lugar, que fica com o Reino Unido, é de 28.719. 

Além disso, nos Estados Unidos, os impostos são pagos sobre o lucro líquido, ou seja, a diferença entre receita, custos e despesas dedutíveis, que são todos aqueles gastos direcionados para o desenvolvimento do negócio, como marketing e viagens. Essa é uma vantagem competitiva que garante ao empresário redução de custos e o investimento no crescimento da sua empresa. 

Acompanhe mais vantagens de empreender nos Estados Unidos e entenda como abrir sua empresa em solo norte-americano. 

Vantagens de ter uma empresa de tecnologia nos EUA 

Além de benefícios como fazer parte de um polo tecnológico e pagar menos impostos, existem ainda outras vantagens de tornar uma empresa ou startup cross border e começar a operar também nos Estados Unidos. 

  1. Tenha clientes internacionais: explore um mercado internacional muito promissor e amplie sua carteira de clientes.     
  1. Ganhe em dólar: com a valorização do dólar, vale a pena investir na expansão do seu negócio para que ele possa faturar na moeda mais utilizada de todo o mundo.  
  1. Receba investimentos: para receber investimentos de fundos americanos,  na maioria dos casos, é necessário ter um endereço e conta bancária nos Estados Unidos. A partir do momento em que sua empresa está aberta, isso se torna possível. 

Como abrir uma empresa nos Estados Unidos 

O primeiro passo para iniciar sua jornada empreendedora internacional é abrir uma empresa nos Estados Unidos e tornar o seu negócio legal no país.   

Para isso, você não precisa estar em solo americano, nem mesmo levantar uma série de documentos. Todo o processo pode ser feito de maneira remota e o único documento necessário para iniciar o procedimento é um passaporte válido. 

Ao fazer todo o passo a passo do Brasil, você evita gastos e, ainda, pode fazer a gestão da sua empresa a distância, sem a necessidade de, por exemplo, montar um escritório nos Estados Unidos, o que traria uma série de gastos iniciais para o seu negócio. Você pode viajar para o país esporadicamente para realizar reuniões importantes com investidores, aceleradores, ou clientes em potencial.  

Note que ao evitar estes custos e ao ter vantagens, como o pagamento reduzido de impostos, é possível recuperar rapidamente os investimentos iniciais usados para a abertura da sua empresa.   

Conheça, agora, os primeiros passos para realizar o procedimento de business formation

  1. Escolha o nome da sua empresa e não deixe de conferir se ele está disponível no estado definido para o registro do seu negócio. Você pode usar esta ferramenta para checar. 
  1. Defina a categoria da sua empresa entre LLC e C CORP. Elas são similares aos modelos usados no Brasil, LTDA e S/A, respectivamente, e têm o objetivo de distinguir a pessoa física da jurídica. Porém, caso você tenha interesse em receber investimentos para sua empresa, a sugestão é que opte pela CORP. Entenda a diferença entre as duas.   
  1. Eleja um estado para registrar sua empresa. Empresários do ramo de tecnologia pensam logo na Califórnia, região que abriga o Vale do Silício, berço da tecnologia no país. Porém, estados como Delaware e Flórida oferecem algumas vantagens como impostos mais baixos. Conheça mais sobre esse tema.    
  1. Contrate um endereço virtual para receber correspondências importantes sobre sua empresa e, como você já sabe, receber investimentos. 
  1. Faça a solicitação do EIN para iniciar sua operação. O Federal Employer Identification Number (EIN) é um número fornecido pelo Departamento de Receita do Governo Federal Americano – IRS (Internal Revenue Service) que permite o registro de todas as transações realizadas pela empresa e garante o pagamento dos impostos. 
  1. Abra uma conta em um banco norte-americano para realizar as transações da sua empresa. A conta também pode ser aberta remotamente. 

Dê o primeiro passo em direção à sua empresa internacional 

Para saber mais sobre o processo de business formation e tirar suas principais dúvidas, entre em contato com um dos especialistas da Company Combo. A conversa é gratuita e você pode agendar neste link.