A partir do momento que você decide abrir uma empresa nos Estados Unidos, vai precisar lidar com algumas questões burocráticas durante o processo (nada muito complexo se comparado com o Brasil). Uma delas é o pagamento de impostos, que variam muito de acordo com o tipo de empreendimento que você tem e a região do país onde sua companhia está instalada.

Os impostos federais são pagos ao Internal Revenue Service (IRS) e os estaduais ao Department of Revenue (DOR) de cada estado. Diferente do Brasil, nos Estados Unidos você não precisa pagar um imposto sobre a nota emitida. Por lá, todos os impostos – independente se a sua empresa é LLC ou CORP – são tributados sobre a diferença entre receitas, custos e despesas dedutíveis.

Para você ter ideia, os Estados Unidos contam com 97 tipos de impostos, que devem ser pagos anualmente! O lado bom é que como empresário estrangeiro que pretende ter um negócio em solo americano, você só precisa lidar com algumas taxas. As mais comuns delas foram listadas a seguir. Olha só:

Lembre-se que esse texto tem apenas caráter informativo! Para realizar todos os procedimentos referentes ao seu empreendimento americano, é fundamental que você conte com o apoio de um profissional da área.

Income Tax Federal – Imposto de Renda Federal

O valor que você vai pagar ao IRS neste imposto varia de acordo com o lucro da sua empresa. Em geral, ele é pago anualmente entre os meses de janeiro e março, porém, em alguns casos específicos, um pagamento proporcional pode ser feito trimestralmente, por exemplo.

Pelo fato das C CORP terem dupla taxação, esse imposto será pago em dois momentos nessa modalidade empresarial: a partir de 2018 o lucro da companhia é taxado em 21% e não mais em faixas, e os valores recebidos pelos sócios são taxados de acordo com as informações desta lista.

As companhias que se enquadram como LLC, não precisam pagar esse imposto no nível empresarial. A cobrança será feita em nível de pessoa física, após o lucro (que nessa categoria é dividido 100% entre os sócios) ser compartilhado. Os brackets dessa categoria estão listados neste link.

Em geral, uma C CORP vai pagar 21% de imposto de renda federal em nível empresarial. Já as pessoas físicas acionistas da C CORP — após receberem os dividendos — pagarão entre 10% e 37%. Esta porcentagem também vale para os membros de uma LLC, que pagam imposto sobre os lucros recebidos.

O interessante é que até 2017 havia uma isenção de aproximadamente 4 mil dólares para pessoas físicas. Isso significa que os primeiros quatro mil dólares recebidos desses dividendos não eram taxados. Entretanto, esta isenção está suspensa até 2025 de acordo com a “Tax Cut Jobs Act” aprovada pelo Trump em 2017.

Para garantir que todo o processo de pagamentos de impostos seja feito da maneira correta, é interessante que você contrate um CPA ou tax preparer.

State Income Tax – Imposto de Renda Estadual

Os Estados Unidos são cheios de peculiaridades. Alguns impostos variam de estado para estado, como é o caso do State Income Tax. Determinadas regiões do país não fazem a cobrança dessa taxa!

Na Flórida, por exemplo, você não paga esse imposto como pessoa física. Já uma CORP precisa desembolsar 5.5% anualmente, com isenção sobre os primeiros $50,000 de lucro. Na Califórnia, uma pessoa física paga entre 1% e 12.3% de imposto, enquanto uma Corporation desembolsa entre 4% e 9%. Já em Delaware, você não precisa pagar nenhum tipo de State Income Tax se não for morador da região.

Sales and Use Tax – Imposto Sobre Vendas e Uso

A partir do momento que você usa imóveis comerciais na Flórida e loca ou vende determinados bens e serviços, vai precisar pagar o Sales and Use Tax (a menos que a sua operação esteja isenta. Saiba mais clicando aqui).

Caso você venda bens, por exemplo, esse imposto vai se aplicar a sua empresa, que deve repassar a taxa para o consumidor no momento da compra. Se a sua companhia tiver operações tributáveis, é preciso fazer um registro como “sales and use tax dealer”, antes de começar a operar.

Depois que o seu registro é aprovado, você recebe um Certificado de Registro e um Certificado de Revenda Anual de Imposto sobre Vendas, além dos dados específicos que você vai precisar para pagar e arquivar os impostos.

Conhecer as leis e normas de cada condado é fundamental, pois determinadas regiões dos Estados Unidos têm exigências de licenciamento ou registros. Na Flórida, por exemplo, o recolhimento feito pelas empresas no momento da venda é de 6%. Esse valor será transferido para o governo no momento de declaração de impostos.

Esse imposto conta com alguns detalhes de destino e localização do seu estoque. Por exemplo: se a sua empresa está registrada na Flórida e todo o seus produtos estão dentro do estado, você não precisa recolher sales tax para a venda para outros estados (pela internet, por exemplo). Agora, se você tiver qualquer tipo de presença física em outros estados (seja com um estoque próprio, ou então de terceiros, como o da Amazon), você também vai coletar sales tax naquele estado.

Discretionary Sales Surtax – Sobretaxa de Vendas

Existem determinados impostos que são pagos pelo consumidor ao comerciante. Esse último fica, então, responsável por repassar esses valores para o governo. Esse recolhimento chamado de sobretaxa de vendas é feito na maior parte dos condados americanos.

Se você já fez compras nos Estados Unidos, deve ter percebido que no momento do pagamento o comerciante adiciona um “sales tax” de 6%, além de uma pequena porcentagem que varia entre 0.5% e 1.5%  de “discretionary sales surtax”.

Ao abrir uma empresa em condados americanos você não precisará pagar esse imposto, mas sim ficar responsável por fazer o recolhimento do valor e repassá-lo ao governo no final do ano fiscal.

Reemployment Tax

Existe uma assistência específica nos Estados Unidos para pessoas que perdem o emprego sem justa causa. O imposto que banca esse benefício chama-se Reemployment Tax e é pago pelo empregador. É proibido que o gestor da empresa faça qualquer tipo de dedução em contracheque do contratado para quitar essa taxa, que é de 2.7% dos primeiros $7.000 pagos para cada funcionário durante o ano.

O empregador começa pagando um valor dessa taxa, que pode ser reduzida conforme um histórico empregatício seja desenvolvido. As companhias que empregam pelo menos uma pessoa num período mínimo de 20 semanas, ou que têm mais de $1.500 pagos em contracheque a cada quinze dias precisam pagar esse imposto.

Tax Withholding

Existe um imposto específico para estrangeiros que têm empresas nos EUA, chamado Tax Withholding. Esse é um valor recolhido antecipadamente, a cada trimestre. Ele funciona como uma garantia de que, ao final de um ano fiscal, você fará a sua declaração de imposto e pagará o valor devido. No caso de você acabar pagando mais do que o necessário após um ano, o IRS devolve a diferença.

Se você está pensando em abrir uma empresa nos Estados Unidos, converse com a nossa equipe! Podemos te orientar em relação a esse processo e te explicar todos os detalhes necessários para empreender em solo americano!