Quando se fala em startup e inovação nos Estados Unidos, um dos primeiros lugares que surge na cabeça das pessoas é o Vale do Silício. Localizado na Califórnia, essa região ficou famosa por ser o berço de diversas empresas unicórnio que valem bilhões de dólares, como Apple, Airbnb e Uber, por exemplo.

Não é para menos que a Califórnia chame tanta atenção! Além de contar com um histórico de empresas de tecnologia que deram certo, ela oferece aceleradoras interessantes, como a 500 Startups e a Y Combinator, por exemplo. Essa região também é o polo para quem deseja apresentar o seu projeto para investidores e receber desde um Seed Funding até um Venture Capital.

Esse frisson em torno da região faz com que os donos de startups de tecnologia do mundo todo sonhem em mudar as suas empresas para a Costa Oeste americana. Se você está passando por esse momento, a nossa dica é: a melhor alternativa para você não é São Francisco, muito menos Palo Alto, mas sim as regiões do estado de Delaware.

Sim, você leu certo! Muitas das startups que exibem orgulhosamente os seus endereços californianos são, na verdade, incorporadas em Delaware.

Mas afinal de contas, por que muitas startups de tecnologia escolhem Delaware e não a Califórnia?

Os impostos em Delaware são mais baixos que na Califórnia

Cada região dos Estados Unidos conta com uma taxa de imposto de renda estadual específica. Na Califórnia, por exemplo, esse valor é de 8.84% tanto para as C CORP quando para as LLCs (entenda a diferença entre esses dois tipos de empresa clicando aqui). Vamos combinar que esse valor é muito alto, principalmente para as empresas de tecnologia que estão no começo, né?!

Enquanto isso, lá na Costa Leste os impostos são muito mais baixos. Para ser mais específico, Delaware não conta com taxa de imposto de renda estadual quando a empresa opera fora do estado.

Lei Geral Societária de Delaware

Um outro motivo para você escolher Delaware e não a Califórnia é a Lei Geral Societária de Delaware,  base do direito societário do estado.

Diferente de outras regiões do país, a legislação de Delaware não é prescritiva e detalhista. Ela foi criada para oferecer mais autonomia no controle de negócios para as sociedades empresariais e seus acionistas. A legislação não pretende ser um código de conduta, que engessa a operação, mas sim elencar apenas alguns requisitos obrigatórios que evitam possíveis eventualidades futuras.

Suprema Corte de Delaware

Falando em legislação, existe uma outra característica que faz Delaware ser o destino certo para a incorporação de uma startup. O estado conta com um Tribunal de Chancelaria, que fica responsável por litigar possíveis processos da empresa. Lá, os empreendedores contam com um juiz preparado para julgar a situação de maneira justa. A maior parte dos casos não chegam a ser recorrido à Suprema Corte de Delaware. Porém, se isso acontecer, o caso é julgado com muita velocidade.

Essa agilidade nos processos, combinada com a eficiência dos advogados peritos em direito societário fazem com que Delaware saia na frente da Califórnia e muitos investidores o escolham.

Ter uma startup em Delaware não te impede de operar na Califórnia ou em Outros Estados

Vale lembrar que mesmo que a sua startup tenha sido criada em Delaware, nada te impede de operar na Califórnia, e aproveitar todas as oportunidades oferecidas pelo Vale do Silício. Entretanto, sempre que tiver vínculo físico nestes estados, você passa a ter obrigações com eles também.

Quer abrir uma empresa em Delaware? Então clique aqui e comece ainda hoje o seu processo.