Um dos grandes erros do empresário brasileiro ao levar seus produtos e serviços para os Estados Unidos é não levar em conta as características e necessidades do mercado local.

No caso dos produtos, a situação pode se tornar ainda mais complicada caso a embalagem não esteja de acordo com as regras de exportação americana.

Para isso, separamos 6 dicas valiosas para você levar em consideração quando estiver preparando seus produtos para exportação:

1. Adequar sua embalagem ao Inglês. Mesmo que também venda seu produto para outros países, utilizar o Inglês facilitará sua comercialização pois o idioma é mundial.

2. Informar: ingredientes, origem, informações de segurança que considere importante e modo de uso. A Tabela Nutricional precisa seguir as regras do país e, obviamente, estar no idioma do país-alvo.

Atenção: Mesmo que um primeiro momento não seja possível fazer uma embalagem específica para o mercado americano, pense em alternativas em adesivos ou fichas técnicas adicionais.

3. Entender os hábitos do seu consumidor e como ele poderá interagir com seu produto. Respeitar a cultura local! Ter cuidado às cores e jargões do Brasil, pois, podem não possuir o mesmo significado.

Por exemplo: Na China o branco significa luto. O vermelho no Leste Europeu pode ser associado ao comunismo.

4. Informar através de simbologias mundiais as características de sua embalagem: material reciclável, aço, ferro, embalagem plástica, entre outros.

5. De acordo com o US CBP, todo produto deve ter marcação de seu país de origem. O que é fabricado no Brasil, por exemplo, deve ter “Made in Brazil”.

6. Avaliar o translado. Qual o melhor formato de paletização levando em consideração o modal de transporte que utilizará? Pensar somente na embalagem final pode ser um tremendo risco, pois, seu produto pode fracassar antes mesmo de ser exposto devido as condições adversas durante o transporte.

É importante levar em consideração as exigências do FDA ou USDA para produtos que são regulamentados, como equipamentos médicos, alguns alimentos, cosméticos e medicamentos. Se o seu produto não estiver dentro das exigências destes órgãos, ele será impedido de entrar no país.

Além das dicas, separamos os links mais importantes para que possa aprofundar o estudo:

Em https://www.cpsc.gov/Regulations-Laws–Standards/Products-Outside-CPSCs-Jurisdiction/ você encontra uma lista de produtos e quais órgão são responsáveis pela sua regulamentação.

Neste link encontrará as exigências para exportação de alimentos e bebidas para os EUA. O FDA, está em português: https://www.fda.gov/downloads/Food/GuidanceRegulation/FSMA/UCM480493.pdf

Acesso ao conteúdo da APEX Brasil sobre Embalagens para Exportação: http://arq.apexbrasil.com.br/portal/Embalagens_Exportacao.pdf